terça-feira, 18 de abril de 2017

Melhore o convívio em casa

Olá amigos, sobre a importância da família trago hoje a discussão sobre como ser melhor visto, tratado e produzir um melhor ambiente dentro de casa. Este é talvez o objetivo mais importante na vida, tornar o lar um lugar de paz e verdadeiro porto seguro. O que escrevo neste post sao os primeitos passos e é direcionado aos "betas" de ambiente familiar ruim.

Leiam o post excelente do Frugal (aqui).

Nossa cultura geral brasileira, por tantas décadas bombardeada pelo marxismo cultural acabou por desvalorizar o ambiente familiar a ponto de desenvolvermos desprezo pelos familiares quando os problemas comuns do convívio se apresentam.

Eu tive uma relação ruim com meus familiares, principalmente com meu pai e por culpa dele (maluco) mas não fico me vitimando. Sou trabalhador, poupador, corajoso e blablabla, mas fui um mal filho no geral.

Foi a poucos anos que notei que a despeito dos maus tratos em casa, sempre gastei meu dinheiro com amigos ou em coisas para mim e jamais levei uma maçã pra dividir com meus pais.

O problema de não nos desenvolvermos como bons "cidadãos" dentro de casa é totalmente cultural. Famílias onde responsabilidade e uma relação de benefício/punição é instituída desde o início, onde se dá a devida importância para dentro de casa ao invés de objetivos fora dela quase sempre prosperam mais.

Aprendi serviços domésticos por necessidade pois meus pais trabalhavam e estudavam e isso valeu muito a pena.

Hoje em dia não é mais a mulher quem cuida da casa e dificilmente você vai achar alguém assim. Aliás, enquanto viver sob o teto pago por outra pessoa você tem obrigação de pagar pelo que consome, seja com dinheiro ou trabalho, desde que não seja explorado como um escravo.

Lembre do ditado: "cavalo bom trabalha dobrado" e leia "A Metamorfose" de Franz Kafka.

Um dos grandes livros já escritos.

Ai que entra a maturidade pois identificar a medida de colaboração e ser explorado é bastante dificil, e quase impossível num ambiente onde você não é valorizado e algum outro não colabora, como é comum em nossas famílias. De qualquer modo, a seguir algumas atividades que você deve fazer sem esperar nada em troca.

1. Arrumar a cama.
Quem não arruma a própria cama ao levantar não tem chance.

2. Lavar a louça.
Coloque no lixo o resto de comida dos pratos e empilhe a louça na pia. Jogue água quente e lave tudo. Eu faço no fim do dia.

3. Lavar, estender e guardar roupa.
Quando acumular roupa suficiente que justifique usar a máquina você lava, estende e depois dobra e guarda. Simples.

4. Varrer e passar pano.
A cada 3 dias passe uma vassoura na casa, não espere ninguém mandar.

5. Manter o ambiente organizado.
Depois de usar coloque no lugar. Não acumule papelada nem quinquilharias, e todos os dias gaste 5 minutos organizando tudo.

6. Dar bom dia e boa noite, agradecer.
Seja cordial com as pessoas que moram com você. Ninguém suporta aquele vadio que dorme até as 13h e quando acorda vai catar comida. Tente não gritar nem ofender. Faça isso com seus inimigos, não familiares.

7. Comprar alimentos e consumíveis.
Uma vez por semana compre alguns alimentos, uma carne, um pão, geléia, shampoo, papel higiênico... as pessoas apreciam gestos assim.
Presentear com um livro de vez em quando surte efeitos positivos. Você tem a obrigação de alimentar sua casa com cultura e não deixar tudo pro youtube, vizinhos e pra escola...

8. Comprar ferramentas e reparar a casa.
Seja pró-ativo e repare o que estiver fodido para ser mais respeitado e viver num lugar melhor.

9. Pagar uma quantia justa das contas.
Proponha pagar a conta de luz ou outras. Quem faz isso se sente mais responsável pelo desperdício e pela casa.

10. Ser grato por estar lá, não abusar e quando puder ir embora.
Tomar banho em 3 minutos, escovar os dentes com torneira fechada, levar o lixo... quando tiver condições pegue suas coisas e desapareça, como ia querer que seu filho fizesse.
Jamais minta para familiares. Se eles forem fofoqueiros, simplesmente não conte nada.

Sugestão:
Leia os livros e assista
a videos do Içami Chiba


Nenhuma família é perfeita e de fato a maioria é um lixo. Mas o ideal de família é muito importante e não é atacado por acaso. Falei disso de modo vago (aqui) mas se você considera essas atitudes acima baboseira, no próximo post vai mudar de ideia pois vou demonstrar porque a família é vital para o acúmulo e propagação do patrimônio.

Tenha um projeto para sua vida e sua família, e que este projeto seja o seu mais importante.

21 comentários:

  1. Olá, CF!

    Gosto muito dos seus textos, de verdade! Desde já estou adicionando esse livro do Kafka na lista dos 'para ler em 2017' (essa lista só cresce, mas foco e fé é tudo) e devo dizer que minha família deve ser uma feliz exceção. Não sei se é porque somos uma família beeeem pequena, mas fato é que nos damos e convivemos muito bem. Lá em casa dividimos bem as tarefas e passamos bastante tempo de qualidade juntos. Nada de marxismo cultural lá, mãe é mãe, pai é pai e filha é filha e todos trabalhamos e contribuimos, como tem que ser. Provavelmente ter um lar assim me preveniu de ser feminazi, esquerdopata, depressiva ou qualquer outra coisa assim.

    Acredito piamente na frase "a família é a base de tudo" porqe tenho boas experiências disso.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Jaqueline!
      Este é um dos melhores livros que li. É bem curtinho mas extremamente profundo.
      A família é mesmo a base de tudo. Que bom que você tem uma legal.

      Excluir
  2. Finanças nesse caso nem é o mais importante, e se elas forem bem e prosperarem será consequência de algo maior.
    Um bom ambiente em casa é bom para saúde física e mental. favorece a criação dos filhos, a sensação de pertencimento nos moradores da casa, sensação de segurança entre tantas outras coisas.
    É válida a parte em que você reconhece os erros do passado. Assim como é bom ver o comentário da jacqueline que mostra a visão de que uma família tradicional pode ser sim uma base fundamental para vida de todos que vivem nesse núcleo.
    Visão tão deturpada nos dias de hoje.
    Saliento também que a banlização e super valorização do sexo geral parte desses problemas familiares, já que hoje o número de filhos não planejados é grande, gerando em muitos casos casamentos infelizes e que não duram, já que o casal não queria de fato casar.
    Tem também as traições que invariavelmente detonam o ambiente familiar quando descobertas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso que você citou faz parte da destruição da família em busca da dominação do indivíduo. Li que 50% dos americanos se separa... um absurdo.
      Obrigado pela visita.

      Excluir
  3. Excelente postagem, CF!

    Parabéns pela lucidez nos seus argumentos, se pudesse mostraria esse texto para todos meus primos que estão naquela fase terrível de adolescente, em que acham que são prisioneiros dos pais, por não poderem sair quando querem, com o dinheiro dos próprios pais, pra ferrar de vez.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adolescentes em geral tem meleca no cérebro, é muito importante que se exercite bons valores em casa pra libertinagem não estragar o indivíduo.

      Excluir
  4. Mais um excelente texto CF!
    Parabéns!

    Estou gostando muito dessa "guinada" que vem ganhando força nos blogs, mostrando que há esperança para famílias. Até algum tempo atrás líamos somente sobre problemas em relacionamentos. Claro que existem e precisamos ficar de olhos abertos, mas cultivar bons valores familiares é fundamental!

    Sucesso
    Passe lá no blog
    https://funcionariopublicoinvestidor.blogspot.com.br/

    Abc

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois, pelo jeito acabou o domínio dos betas coitadistas na blogsfera.

      Excluir
  5. Opa CF! Muito legal seu post. O bom ambiente familiar é tudo. Outra coisa importante é "deixe os outros estudarem/lerem"

    Eu ficava muito chateado quando tentava estudar e minha mãe não deixava, me mandando comprar o pão, lavar a louça e outras coisas infinitas, e eu só queria mesmo era estudar, e ajudava muito em casa, mas ela queria 100% de ajuda, aí fica difícil.

    Também é importante falar algo para os pais de como se relacionarem com os filhos.

    Obrigado pela citação ao meu post.
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A maioria dos pais (e mães) não sabe ser. É como no exército, você confia sua vida ao soldado, mas não acredita puramente no que o subordinado diz.
      Pais e mães cagam pras reais necessidades dos filhos e acham que sabem tudo pois estão acostumados com crianças e não adolescentes.

      Excluir
  6. Excelente post CF,
    Uma vez eu falei para uns colegas que eu arrumava a cama quando levantava e eles ficaram me zoando. "Para que arrumar cama se você vai deitar de novo". É aquela frase, para que lavar se vai sujar. É cada uma que ouvimos por aí.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkk pergunta se pra fazer o numero 2 eles deixam sujo, afinao, vai sujar de novo rsrs

      Excluir
  7. Bacana CF, concordo.

    Familia e nosso alicerce, sempre. As coisas tem que estar boas em casa para prosperarmos.

    Abraçao

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem um bom ambiente em casa, se corre atrás do próprio rabo pois a pessoa busca compensar com prazeres banais a falta de paz em casa. Como você disse, é o alicerce pra prosperar.
      Grande abraço

      Excluir
  8. Ótimo post! Vendo os 10 itens que você listou percebo o quanto eu era folgado quando morava com meus pais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado,
      É cultural... temos que prestar atenção nisso. Somos criados para ser vadios.

      Excluir
  9. Como assinar esse blog por e-mail? Tô gostando dos seus posts amigo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu cancelei aquele negócio de assinar. Por favor venha ler toda semana... garanto pelo menos um post.
      Obrigado amigo.

      Excluir
  10. boa cf, família é base! O bom é que sempre podemos melhorar, vou buscar melhorar como filho.

    abs

    ResponderExcluir