sábado, 4 de novembro de 2017

Ficando líquido em ações

Olá amigos,

A cada novo mês tenho vendido 20k em ações e comprado outras coisas. Só comprei empresas boas quando montei a carteira (tirando Taurus)  e tem compensado o estudo. Pra falar a verdade não é ciência de foguete, e eu me senti confortável diversificado em apenas 5 empresas: Weg, Cielo, Itaú, Grendene e Taurus.

Imagino quem comprou forte quando estava tudo lá embaixo e o Brasil sob risco de se tornar uma Venezuela, hoje certamente é rico. Na época eu pensava: ou o Brasil acaba, ou quem comprar ações vai se dar muito bem.

Agora parece que estamos novamente face a um rebaixamento do país pelas agências de rating caso não "arrumem" a previdência. Também tem o teatro democrático (eleições) e um monte de coisas que podem fazer a renda variável desabar no próximo ano, e não muita coisa que suporte a alta (é minha opinião pessoal). Portanto pretendo vender (quase) tudo e voltar a comprar mais pra frente.

Comprei um COE e estacionei uma grana em LFT à espera de oportunidades. Estou de olho nos imóveis de leilão e implementarei meu plano de aposentadoria: um trade imobiliário por ano seja construir ou comprar pra reformar.

Boa notícia, como sabem tenho dois terrenos em um condomínio fechado, que foram adquiridos a dois anos quando não tinha nada por lá. Agora já tem algumas casas, ruas, postes, esgoto...  Eu não preciso pagar nada da estrutura pois um parente meu é dono da maioria dos lotes e está desenvolvendo a área. Ano passado valiam 20k. Meses atrás 30, e ontem perguntei à minha mãe por quanto estão sendo vendidos e ela disse 35k. Agora é hora de vender sem pagar imposto de renda ou construir algo em cima. Se for construir, a chance de eu ir novamente no fim de 2018 e estar presente é alta.

Uma coisa que eu penso é deixar eles por lá valorizando, os lotes tem chance de se tornarem "tenbaggers" como diz Peter Lynch, pois o plano diretor da cidade aponta pra lá. Até janeiro penso nisso.


Só quem mora em cidadezinhas consegue isso. Em cidades grandes comprar terrenos envolve muitas incertezas, desde ser longe de tudo, onde o progresso não chega, alguém pode invadir ou ser numa área dominada pelo tráfico, ou é caro demais. No próximo post vou contar de um trade imobiliário que apareceu em 2014 e podia ter me deixado rico.

Mês passado arrumei um emprego part-time (5h por noite) no caixa de um restaurante e vou mantê-lo até ir pro brasil em janeiro. Depois volto pra carpintaria full-time e pretendo fazer o curso de mestre de obras.

Minha mulher também trabalha 30h por semana e não quero que ela faça mais horas, a não ser que trabalhasse na engenharia. Ela também já se acostumou com essa jornada e não faz sentido mudar pois teríamos que nos mudar pra uma área mais industrial, isolada e feia do país. Vocês não tem ideia de como a vida é fácil e boa em Portugal pra quem viveu o grind no Brasil.

Propaganda grátis:
Recomendo o curso do Brasil Paralelo - A Última Cruzada sobre história e sociopolítica do Brasil. É uma das melhores coisas que já vi. Eu fiz uma sociedade limitada com alguns amigos e valeu cada centavo.













34 comentários:

  1. CF, vc mora em qual região? Se não quiser dizer ao certo poderia ao menos dizer se é norte, centro ou sul? Na minha opinião o centro de PT é um dos melhores lugares do mundo pra se viver: tranquilo, barato, clima agradável, posicionamento geográfico excelente, etc.

    Abraço!

    Corey

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Moro em Lisboa mesmo, Corey. Antes eu dizia segurança, custo de vida e transporte. Hoje já nem sei mais tudo o que me atrai neste país, incluindo lazer cultural, arquitetura, história e o clima.

      Um casal vive tranquilamente aqui com empregos part-time. Infelizmente acho que a vida fácil torna as pessoas perigosamente preguiçosas.

      Excluir
    2. Viver tenho que ser realista analisando as contas públicas da europa como todo com exceção da Alemanha, todo resto não vai sustentar esta condição no longo prazo.

      Excluir
    3. Pior não impossível, mas a carga tributaria que já alta vai ter aumentar para cobrir déficits, isso vai joga a produtividade para baixo .

      Portugal nem tanto, mas Itália é um país completamente falido , não são palavras minhas ! mas sim de dois amigos que moram por estas bandas da Itália a mais de 10 anos.

      Bancos da Itália só não colapsaram por causa da intervenção do banco central e das injeções de crédito constante feitas pelo banco central europeu.

      As taxas estão negativas, resumo da obra: você deixa dinheiro no banco e ainda paga taxas , além disso existe título junk sendo negociado sem premio de risco etc.

      Resumindo o sistema como um todo anda bizarro! O único país que esta com as contas mais ou menos em acordo é Alemanha, mas em contra partido o maior banco da Alemanha também anda insolvente e sendo sustentado pelo banco central europeu.

      Basicamente tudo esta sendo sustentado via anabolizantes , só que isso vai cobrar um preço no futuro que é mais impostos.

      Toda divida feita no presente por consequência é aumento de impostos no futuro.

      As receitas do governos são indexadas as despesas, ou seja quando governo aumenta receitas ele aumenta despesas junto, isso força socialização da economia e aumento progressivo de impostos no longo prazo.

      Socialismo do século 21.

      A vantagem deste países social democratas, é que eles são vagabundos por natureza nos serviços braçais, caras como a gente podem ganhar rios de dinheiro metendo a mão na massa, mas se quer uma opinião sincera matematicamente falando não tem como sustentar isso pra próxima duas décadas.


      Por dois motivos
      Demografia
      Curva de Laffer

      O país que quero distancia é a franca! Socialismo puro.

      Abraço

      Excluir
    4. A propósito você sabe que países do centro da europa andaram perdendo empresas para Irlanda na ultima década por causa da carga tributaria .

      Irlanda = Paraguai da europa

      As empresas tão migrando para estes países com imposto baixos, adiante vão revendendo produtos para os países sócias democratas da região.

      Por isso o desemprego tende aumentar nos próximos anos:
      Por exemplo na república socialista da França, esta mais fácil você entregar empresa para o estado gerir! afinal 50% de carga tributária já podemos considerar república soviética , se isso vir aumentar sai debaixo.

      Outro esqueminha que estes países fazem é comprar empresas e ativos pelo mundo, principalmente nos países emergentes que pagam dividendo , objetivo claros de sustentar a social democracia europeia.

      Por exemplo: Nesta ultima leva de leilões varias empresas estatais de Portugal entraram comprando ativos brasileiro bons pagadores de dividendos no setor elétrico junto com alguns comunas franceses.

      Outro país que vive arrotando vaidade só que depende de capital externo é a Noruega que possui um dos maiores fundos estatais do mundo: fundo soberano que possui 1% dos ativos cotadas nas principais bolsa mundiais.

      Realmente não existe almoço grátis, estes caras sustentam a porra toda com receitas extraordinárias .


      Excluir
    5. A França é mesmo um lixo de pais, exportador de marxismo cultural nojento, mas eles tem um nível decente de vida. Pra trabalhar lá e gastar dinheiro no terceiro mundo vale muito a pena, até os portugueses fazem isso.

      Em breve conhecerei alguns locais da Itália. Penso em Veneza, Roma e Milão. Sou apaixonado pela história do país e sua arquitetura. Mesmo com a falência eminente do país, viveria lá, no norte desenvolvido.

      Também viveria na Inglaterra ou Suíça.

      Não me importo muito com a falência desses países, mas não mantenho dinheiro neles.

      Excluir
    6. A Suíça e a inglaterra vão ficar bem não importa o que ocorra com a UE.

      Excluir
    7. O socialismo é parasita do capitalismo. Não tem como fugir disso.

      Excluir
    8. Carga tributária segundo relatório OMC:

      França:45,20%
      Itália:43,60%
      Alemanha: 36,10%
      Portugal:34,40%
      Reino unido: 32,60%
      Brasil:32,42<< OBS governo deu maquiada na carga ao revisar a metodologia em 2013, pela metodologia antiga a carga brasileira é de 36% do PI. Resumo da obra muito maior que Portugal.

      Canadá:30,80%
      Suíça 26,70%
      EUA: 26%

      Reparou que quanto mais abaixo melhor mais desenvolvido é o pais em termos de liberdade econômica e economia.


      Aqueles países com carga acima de 40% anda mais fácil entregar empresas para o estado e mandar ele produzir , a pegadinha é que mesmo tributando 40%, 50% de tudo que é produzido no países estes países precisam comprar ativos de emergentes para posar de bom moço e sustenta todas benesses sociais.

      Brasil a eterna colônia kKKK



      Excluir
    9. A questão é que este pessoal posa de bem educado e de modelo a ser seguidos , mas quem sustenta a porra todas ainda são as coloniais, quando remetem lucros dos ativos que eles tem ao redor do mundo para cobrir os déficits do governo.

      Se foste depender só da economia local eles estariam falidos.

      Abraço

      Excluir
    10. Sim, já reparei que quanto menos impostos mais desenvolvido o país. Antes eu até comparava pelos dados da Heritage.

      Isso da economia local = falecia é verdade. Por isso mesmo eu aposto que, durante nossa vida, não veremos a economia americana ruir. Eles exportam sua inflação, e eu sinceramente duvido que um dia ela vá voltar pro país, pois os USA são o país menos fodido do mundo e sempre serão, podendo comportar uma dívida gigantesca. Não irá ocorrer o crash final, apregoado por seguidores da escola austríaca.

      Excluir
    11. Infelizmente a crise americana é uma realidade e não há nada que se possa fazer.

      Ela só não estourou por causa que existe 3 bancos financiando déficits americanos: Banco central japonês, Chinês e Europeu.

      Os burocratas estão presos na armadilha de liquidez aonde eles precisam imprimir cada vez mais dinheiro para rodar déficits crescentes.


      Ai tu volta lá em cima como falei: Déficits crescentes + impostos = menos arrecadação = + sonegação.

      Porque tu acha que o governo agora anda querendo ir para seara da criptomoedas.

      O mundo não vai acabar , mas o sistema como é desenhado hoje vai colapsar.

      A social democracia funciona como especie de socialismo a conta gotas.

      Quando você parte de um PIB grande, endividamento baixo e uma base de impostos baixo você consegue ir rodando status quo.

      Armadilha esta no que chamo de indexação da despesas: Quando governo cresce as receitas ele aumenta gastos governamentais juntos de tal forma que não existe um verdadeiro superavit.

      Para bancar este déficits o governo usa aumento de impostos progressivos + privatização fakes + endividamento.

      Privatização fake é quando governo passa estatais para o setor privado garantido reserva de mercado em contra partida de um oneração grande de impostos na folha de pagamento.

      O governo protege empresa com todo tipo de reserva de mercado em contra partida possui participação em diversas empresas privadas tanto por meio direto como por meio de impostos.( Criação de campeões nacionais e monopólios)


      Ele sustentar os déficits crescentes parasitando o setor privado até que chegue um ponto que a dívida e carga tributaria se tornam tão grande que o sistema colapsa e sofre um reset.



      No brasil estamos acostumados com este procedimento, já sofremos pelo menos três resets por aqui.


      O ultimo reset foi no plano real e já estamos perto de sofrer outro.

      O EUA embora nunca tenha dado calote em sua dívida já sofreu um reset na políticas monetária nos de 1970 ao abolir padrão ouro.

      Agora EUA possui uma das maiores dívida do planeta e esta dívida esta em posse dos chineses.

      Não se engane esta tudo sendo orquestrado para este dia aonde via surgir mais um burocrata estatal com alguma solução mágica.

      A velha formula de imprimir não esta mais surtindo efeito, pois o juros é negativo e a política monetária não surti efeito alguma.

      Para piorar estamos um novo nível de impressão que é comprar ativos e dívidas ( Bonds) A maior bolha de bonds da história moderna vai estoura porque infelizmente já estamos numa época em que os governos e grande fundos estão adquirindo papel junk sem premio de risco.

      A mesma coisa que você comprar títulos da Venezuela pagando 1% ou 2% .


      http://l2capital.com.br/pt/ate-quando-ignorar/

      Abraço portanto a crise já é um realidade só esta sendo maquiada.

      Experimenta deixar seu dinheiro no banco europeus para tu ver KKK

      Basicamente quanto mais eles imprimem mais lixos eles precisam comprar.




      Abraço


      Excluir
    12. Sempre falo que o "padrão crise" europeu é bem diferente do brasileiro, mas tem aquela coisa: quem tá dentro costuma ter uma visão deturpada da coisa toda. O fato é que mesmo "na merda" a Europa traz condições de vida muito melhores que o Brasil. Tb não curto a França nem os franceses, by the way...

      Na prática o cenário ideal é viver na Europa, num país barato (como PT) e ter investimentos no Brasil. Só o IPCA, mesmo baixo, já justifica essa estratégia.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  2. KK para quem se dizia bastteriano até que você virou um trader nato.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. B&H só funciona no longo prazo se eu aportar mensalmente. Não acho que valha a pena pra mim nesse momento.
      Abração

      Excluir
  3. Olá CF,

    Boa sorte no seu trade. Eu não vou vender nada. Levo minhas ações para longo prazo. Claro, se continuar boas.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cowboy, não acho que você esteja errado.
      Abraço

      Excluir
  4. é CF, tenho uma amiga ai e ela já disse que não volta pro Brasil não, só se for obrigado ou algo assim...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Provavelmente ela não vai ser obrigada por ninguém a voltar.

      Excluir
  5. Fala CF... vc ja escreveu sobre o custo de vida ai em portugal?

    Estou pensando seriamente em me mudar pra ai. Estou pensando numa independencia financeira de 3k euros por mes + uma moradia de 200k euros, fora das principais regioes de portugal (lisboa, porto e braga).

    Hoje em dia tenho muito conforto no brasil, mas não vejo luz no fim do tunel para minha geraçao aqui. Ganho mais de 30k por mes, mas nao consigo aproveitar, pois trabalho, insegurança e politica me corroem diariamente.

    Se puder, explore mais no blog como é sua vida em portugal, gastos etc. tenho ctz que há mta gente interessada nisto.

    Sucesso!
    Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara com 3 mil euros ao mês, principalmente fora dos grandes centros onde o custo de vida é praticamente grátis, é provável que te proclamem rei de Portugal. Dá pra comprar uma casa decente com 200k por aqui também.
      Não existe luz no fim do túnel pro Brasil, não hoje. Parabéns pelo seu salário.
      Vou fazer um. Post sobre custo de vida e dicas aqui sim.

      Abraço

      Excluir
    2. Ótima ideia, esse tema realmente é algo que muitos estão buscando informações nos dias de hoje.

      Excluir
    3. Boa! CF, poderia mesmo explorar o lado do custo de vida aí em PT. Tenho um casal de conhecidos (até já escrevi sobre eles no blog) que vivem muito bem ganhando salário mínimo, conseguiram empregos de segunda a sexta (o que jamais tiveram no Brasil) e estão sempre viajando. Qualidade de vida é a palavra!

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  6. Bacana. Morro de vontade de morar fora do Brasil também.

    ResponderExcluir
  7. oi CF, uma coisinha nao entendi. Se vc vive no exterior e nao tem intencao nenhuma de voltar pro Brasil, porque investir aqui se suas despesas sao todas em moeda estrangeira, estando sujeito a variacao cambial ? Porque nao vender as açoes daqui e comprar açoes de Portugal ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vagb,
      Não estou sujeito ao câmbio pois não aporto dinheiro novo a quase dois anos. Apenas reinvisto dividendos do que tenho ai no Brasil.
      O dinheiro que sobra aqui é pouco e reservado pra lazer. Não tenho interesse em comprar ações de empresas portuguesas. Se eu abrisse conta fora do Brasil investiria APENAS em empresas de países anglofonos.

      Excluir
  8. Buenas, CF! Depois de algumas semanas hoje tirei o dia para ler os blogs dos amigos. Fazia tempo que não fazia isso e é algo que eu gosto muito.
    Casualmente, estamos com a mesma impressão. Nada de pânico, mas vejo a relação risco x retorno mais dura para os ativos de risco.

    Não sei se vou vender minhas ações e FIIs, mas os títulos IPCA+35 já estão virando LFTs.

    Boa sorte no trade imobiliário. Também estou estudando isso, mas preciso vender ao menos um imóvel para ter liquidez e não ficar muito concentrado num setor só.

    Abraço e sucesso!

    ResponderExcluir
  9. Será interessante saber sobre custo de vida em Portugal. Meu irmão vai morar com a esposa no Canadá. E todo dia penso o que fazer para ter mais qualidade de vida aqui nessa banana. Ainda morando com os pais (mãe quase aposentando e pai desempregado(depois de 2 decadas quebrou o comercio), eu e minha mae que temos segurado as pontas em casa. Já tenho olhado muito países como Irlanda , Escócia, Canadá e Portugal sobre tudo em si. Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá gari. Cada um tem seu custo, mas em essência no Brasil estamos acostumados a trabalhar o dobro pra receber a metade.

      No seu caso é difícil pois você é concursado e mora com os pais, mas o único modo que vejo de levar uma vida melhor no Brasil é sendo minimalista em uma praia interiorana e abstraindo das porcarias que estamos acostumados.

      Me parece que seu irmão arrumou uma ótima desculpa pra levar uma vida ótima e largou a bomba no seu colo.

      Excluir
  10. Custo de vida em Portugal é baixo, já estive lá, ótimo país com lugares lindos

    Abraço

    ResponderExcluir