quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Oportunidades de ouro - Pai Rico Pai Pobre

Olá amigos, apenas uma anedocta rápida, e porque considero Pai Rico Pai Pobre o livro de finanças pessoais mais genial já feito.

Comentei a pouco em um post anterior que em 2014 "perdi" uma oportunidade bem lucrativa de investimento imobiliário. Na verdade ela não foi bem pra mim, apenas passou diante de meus olhos, mas eu podia ter entrado.

Estava lá em meu antigo trabalho e vi meu chefe receber um cara algumas vezes. No começo não dei a mínima mas depois o chefe começou a comentar o que o cara tinha ido conversar. Se tratava de um empreendimento imobiliário, uma espécie de condomínio pra ricos que ele estava desenvolvendo. Adquiriu uma grande área de terra e estava vendendo pra gente granuda, e o valor dos terrenos girava em torno de 150 mil bolivares brasileiros.

Não lembro direito mas acho até que ele nem era dono de porra nenhuma e estava captando um minimo de compradores pra poder tocar o projeto. Embrionário mesmo.

Fiquei interessado ao ouvir que "o dono da rede de lojas tal" já tinha comprado dois, além de outros famosos da cidade como jogadores de futebol. Foi na época que a Telexfree fechou e eu estava alerta com promessas de dinheiro fácil (nunca investi nessas merdas). 

Ocorre que o cara ainda estava desenrolando burocracias pra legalizar o empreendimento, poder abrir ruas e tudo mais, por isso o negócio era arriscado, mas também altamente lucrativo.

Quem investe assim é quem já tem dinheiro e não tem medo de perder ou deixar um tempo enrolado. O público desse tipo de negócio são grandes empresários, políticos e médicos, além dos caras espertos e "irmãos" de certas fraternidades. Muitas vezes tem uma carga alta de confiança nesse tipo de negócio.

É aqui que entra juntar dinheiro e construir uma reputação. Se você é pelado ou um "carpe", mas principalmente se é um escroto que ninguém quer por perto, boas oportunidades jamais surgirão. Pense muito bem nisso.

Hoje o local tem estrutura e a última vez que ouvi falar, os terrenos estavam sendo negociados por 500 mil. Foram centenas de milhares de reais criados em pouco tempo, e você não acredita no livro do Kiyosaki né... 

Isso ocorre em todo lugar à toda hora enquanto estamos em nossos empregos contando os dias pra receber e fazer nossos aportes lixosos.. Ou você acha que um vereador ou prefeito gasta uma caralhada de dinheiro pra ser eleito e receber um salário que nunca vai cobrir o que gastou apenas por amor?

Aqui você consegue identificar o motivo de certas opiniões minhas em relação à ética de trabalho. Você é jovem ou pelado? Trabalhe como louco, em qualquer coisa que conseguir e se qualifique o quanto puder. Abra seu negócio quando conseguir (não deu certo? Segue a vida) e se afaste de quem atrapalhar seus planos de riqueza, mesmo amigos ou namorada. O emprego nunca vai te deixar rico. O importante aqui é acumular o quanto for possível enquanto fica mais esperto. 

Esse chefe não comprou nada pois tinha trocado de casa a pouco tempo e ficou com uma divida grande. 

Meu avô mesmo descobriu essa fórmula nos anos 50, e fez esse tipo de coisa até morrer. Meus dois terreninhos no interior valem merreca, e portanto lembro de uma piada que ouvi de um tio de minha mulher: "se nós estamos bem imagina os ricos!".

Ser rico deve ser maravilhoso, pois eu nunca, jamais, vi um rico que desejava ser pobre. Por outro lado eu fui bem pobre e é horrível. 

Lucrar com imóveis é exatamente como lucrar com ações, se você leu Peter Lynch vai entender. Você passa a vida buscando acumular ativos de boa qualidade a um preço bom. Geralmente só precisa que um seja um "tenbagger".

Isso é diferente de poupar e rezar. Na verdade, outra tecla que nosso amigo Kiyosaki bate repetidamente é a de que desde 1971 (falando de USA) o governo imprime dinheiro mais rápido que você consegue poupar, então tem obrigação de criar valor, ou vai ficar pra trás invariavelmente. 

Qualquer um escreve um livro de finanças pessoais como os do Cerbasi. É fácil de ler, é o que as pessoas querem, ficar rico sem pensar = investir o excedente do salário em uma carteira diversificada. Mas como sabemos, tem que sobrar um mínimo bem gordo e isso não é pra todos.

Por outro lado o PRPP te exige estimular o "gênio financeiro" e dar um jeito de fazer dinheiro sem a ajuda de um vendedor de produtos financeiros. Você é o responsável, pagar sua obrigação fiduciária consigo mesmo como diz outro guru aqui do blog, Gene Simmons. Tem que pensar, e as pessoas não gostam disso.

Outra coisa, muitos devem ter lido isso e pensado: "passar a vida comprando imóveis? Como se fosse fácil comprar em um dia por 40 e vender em uma semana por 80. Eu ganho 1500 reais por mês". Esse é o modo de pensar limitado dos críticos do PRPP.

Surgem desculpas como "nos USA dá pra fazer, aqui não" - diz o cara que nunca foi na Caixa perguntar sobre imóveis de leilão.

Desculpe, não posso te ajudar nem fazer afagos no seu ego. Você tem que dar um jeito. Sua missão é juntar dinheiro, aprender, e se meter onde tem grana. Não seja um carpe, seja esperto, esteja sempre aprendendo e pense como caçador. Tenha um orçamento sempre positivo não importa o que aconteça e venda todos os passivos financeiros e bugigangas a ponto de seus ativos pagarem as contas, e depois os luxos. 

Este é o ensinamento do livro Pai Rico Pai Pobre, amigos. Ele só usa exemplos do mundo imobiliário pois até um macaco consegue compreender.

Por fim, o conceito mais básico do livro,  passar a vida adquirindo ativos e se livrando de passivos, é dito de forma direta, repetitiva e dura. Quando se é pobre é o que se deve fazer e ponto. Não tem bom senso, nem equilíbrio. É acumular ativos até sair da corrida dos ratos. As pessoas vão te dizer que isso é impossível e se você acreditar, garanto, não tem chance.

Keep hustling

Abraço. 

30 comentários:

  1. Este livro do Robert foi um marco. Muito bom mesmo!!! Ser rico de verdade não tem outra alternativa senão ser dono do seu negócio. Não sei se ficou sabendo do Robert quando veio ao Brasil da última vez dar palestra. Disseram que foi decepcionante. Disse que poupar e investir 10, 20, 30% do salário é ato de burrice e além disso, fez mais propaganda dos cursos dele do que dicas em si. Claro, que isso não tira seu mérito em relação ao livro Pai Rico, Pai Pobre.

    Quanto a outros gurus financeiros, pode apostar que 90% deles só ficaram milionários com a venda de livros e cursos. Antes disso eram como qualquer um de nós da blogosfera. Já vi curso de ações custando R$ 1.000,00 reais e cheguei a assistir algumas aulas de um colega que comprou. A pessoa que pesquisasse pela internet, youtube estaria bem mais servida do que pelo curso. Também não tiro o mérito deles em lançar em lançar seus produtos dizendo terem atingido a IF, mesmo sendo bem basicão. Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca vi uma palestra que valesse a pena pagar. Simplesmente não existe maneira de conservar conteúdo Premium pra um seminário assim.

      Um conhecido meu fez um curso de operar na bolsa, com um ano de experiência rs

      O mérito do livro só é questionado por trouxas.

      Excluir
  2. Irretocável, quero atingir uma renda legal com fiiS ,uns 500 por mês , ai depois vou começar a ir atrás de ganhos maiores como imóveis talvez alguns leiloes judiciais ,pois como arroz feijão garantido fica mais fácil arriscar ...penso também em empreender no interior com terreno e prédio próprio depois vendo o ponto e continua recebendo o aluguel ..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São ótimas ideias a explorar na minha opinião. Penso como você.

      Excluir
  3. Em qual estado vc morava aqui no Brasil?

    ResponderExcluir
  4. Olá CF,

    Esse livro me ajudou muito, pois eu tinha uma visão errada sobre ficar rico. Era como o povão.

    No ano 2000 meu pai comprou umas terras por R$ 1000,00 o alqueire e hoje o valor acredito que estão mais de 50k, acredito que até mais, pois tem gente que vendeu umas terras piores por mais. Claro que ele não vai vender essas terras, mas hoje ele não teria condições de comprar nem uma quadra.

    Dependendo de onde é a localização das terras se faz muito dinheiro.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cowboy, no Brasil terra é um mina de ouro. Evitei a venda das da minha família, vou contar isso em breve.

      Excluir
  5. Li este ano este famoso livro.

    Descobri que muitas coisas sugeridas eu ja fazia, no tempo fora do meu emprego.

    Penso em demissao todos os dias, mas ainda preciso juntar mais pra estar tranquilo e chutar o balde.

    Alem das construcoes meu ultimo investimento em leilao mostrou que aquele que tem tempo consegue boas oportunidades mesmo, pois a maioria das pessoas esta enfurnada num escritorio com planos maquiavelicos de ser promovido e ganhar 1000 a mais por mes ou chorando igual eu.

    Pai rico pai pobre na veia.

    Meu futuro, assim espero.

    Abraçao

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai dar certo. Grana você terá, só falta o tempo. Um abraço

      Excluir
  6. Amigo, muito prazer, é minha primeira vez aqui pois começei com um blog a poucos dias. Post legal, me identifiquei demais, até com a parte que "até um chipanzé consegue". Realmente eu era um total analfabeto financeiro antes desse livrinho, mas sou feliz porque aprendi cedo, e justamente investi e empreendi em imóveis, na raça, coragem e claro muito estudo na área imobiliária como um todo. Minha tacada deu muito certo e meus dividendos anuais são de dois dígitos na minha casa de aluguel de temporada.

    A propósito, acabei de postar no meu blog um Post bem interessante"Casa de Praia 3 em 1" acho que você vai gostar da leitura, apesar que obivamente não precisa concordar.

    Por favor amigo fico muito agradecido se me colocar aqui no seu Blogroll. Você já está no meu. Um grande abraço.

    https://viverdealugueldetemporada.blogspot.com.br/

    VAT - Viver de aluguel de temporada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu VAT. Vou ler sim. Alugar na praia é um bom negócio.

      Excluir
  7. "Isso ocorre em todo lugar à toda hora enquanto estamos em nossos empregos contando os dias pra receber e fazer nossos aportes lixosos"

    Eu penso nisso todo dia! Ótimo texto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haueha eu também pensava, principalmente na época em que comprei o imovel de venda direta. Eu queria saltar pela janela e resolver meus business.

      Excluir
  8. CF,

    Seu post ficou muito bom.

    "Ser rico deve ser maravilhoso, pois eu nunca, jamais, vi um rico que desejava ser pobre. Por outro lado eu fui bem pobre e é horrível."
    Você tem toda razão. Eu também nunca conheci ninguém que quer ser pobre.

    Em relação aos ativos e passivos, muitas vezes as despesas desnecessárias acabam destruindo a vida financeira de muitos.

    Abraços,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São os pequenos gastos que nem se nota que acabam com a possibilidade de riqueza. Um abraço!

      Excluir
  9. ótimo texto, depois que conheci a finansfera passei a focar bastante em imoveis. Diferente d emuita gente, curto os imoveis de baixa renda, acho mais rentável.
    Um abraço meu amigo.

    ResponderExcluir
  10. Bom texto !!! imóveis sempre serão um porto seguro.

    ResponderExcluir
  11. CF, isso vale pra vida! Só fica rico quem dá as caras, seja com imóvel ou com qualquer outro tipo de negócio. Você tem que dar a cara, tem que abraçar o risco, tem que ser inteligente e estudioso e sempre estar alerta para enxergar oportunidade onde os outros não enxergam.

    Resumindo: O que vai te deixar rico é a mentalidade!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mentalidade é o principal. Quase dá pra dizer que só não fica rico quem não quer.

      Excluir
  12. CF

    Vejo que vou ter que me aventurar no ramo imobiliário também.

    hehehe

    Muita gente da blogosfera se dá bem nesse ramo, digo, tem grandes retornos patrimoniais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A maioria paga caro por imóveis. Quem vende algo caro e com demanda geralmente chega bem na frente.

      Excluir
  13. Tinha um professor da faculdade que dizia que imóveis só servem pra quem tem muito patrimônio. Milionários, de preferência segundo ele. No mínimo.

    Ele nunca disse o porque.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Professores são idiotas completos em sua vasta maioria.

      Excluir
  14. Conheço pessoas aqui da minha cidade de 100k habitantes que quase sem querer fizeram ótimos negócios imobiliários. Parece mentira, mas um tio meu comprou em 2009 um terreno com uma casa velha de madeira, próxima ao centro da cidade por infímos 25k. Hoje vale mais de 100k com certeza absoluta pois já lhe ofereceram este valor. Sem falar no aluguel de 350,00 que ele recebe que cobre todas as despesas da casa e do terreno com folga. Esse tio fez um puta investimento sem mesmo perceber que fez, somente porque tinha a grana a vista no ato. Detalhe, o vendedor tinha acabado de se separar, ia mudar de cidade e literalmente torrou o terreno. Sim, acreditem, tem gente que torra mesmo. Temos muita gente burra. E o cara nem dava muito valor porque pagou menos ainda do que os 25k. Uma colega de trabalho comprou um terreno em 2010 numa rua sem asfalto pela bagatela de 40k. em 2015, já com asfalto, ela vendeu metade do terreno e com a grana, cobriu o valor inicial e construir uma ótima casa onde mora hoje. Foi como se o terreno e a casa saíssem de graça. Ela foi lá e fez esse negócio mesmo sem ter a idéia de construir. De repente ofereceram pra ela um valor pela metade, ela aceitou e como tinha grana fez uma casa pra ela. Detalhe que na casinha antiga dela ela aluga por 500,00. Pessoas leigas em investimentos se deram bem apenas pelo fato de ter algum guardado (na poupança mesmo).

    Moral da História: Juntar grana e ficar pelos bairros mais populares garimpando algum terreno barato. Vou comprar, mesmo que não saiba o que fazer com ele inicialmente.

    ResponderExcluir
  15. Você falou sobre vários conceitos interessantes.
    - dinheiro na mão = melhores oportunidades = importante poupar.
    - comprar de quem precisa vender, e não de quem não precisa.
    - imóvel geralmente vale a pena como investimento mesmo com o yeld baixo do aluguel.
    - qualquer transformação na estrutura em entorno afeta o valor do imóvel. Quase sempre de modo positivo.

    Quando eu leio que "pro brasileiro investimento é poupança e imóvel", historicamente, digo ainda bem.

    ResponderExcluir
  16. Caro CF,
    Este ano dediquei a ler todas as obras que você recomendou aqui no blog e devo dizer que todas foram pancadas nas minhas ideias sobre finanças. Em especial, Me Inc, PRPB e O homem mais rico da babilônica me deixaram lições que jamais esquecerei. Minha vida não só financeira mudou completamente depois disso. Sou muito grato a você e desejo tudo de melhor a ti sempre! Você tem algum email para contato para que eu possa conversar um pouco mais sobre essas coisas? Se não, entendo perfeitamente. Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá amigo, fico honrado com seu elogio e feliz de ter lido os livros.
      Envie para dicaspessimas@gmail.com
      Se por acaso eu demorar pra responder me lembre aqui no blog.

      Grande abraço!

      Excluir