sábado, 10 de outubro de 2015

Divisão de custos para casais

Algumas vezes me perguntam como funciona essa vida de poupador pobre ao lado da esposa. Creio que isto vêm de a maioria dos frequentadores de blogs de finanças serem jovens, que carregam as frustrações e insegurança que quase todo jovem carrega. Não sou exemplo de quem cumpriu os itens à risca, mas lá vai.



Esta dica é para quem ainda não casou e não é pai: Não o faça até atingir alguns requisitos que descreverei a seguir, seja homem ou mulher. Sua vida ficará mais fácil, o que é sinônimo de dinheiro.

 - Se houver condições para tal, viva na casa dos pais até os 30 anos. Tem dinheiro para pagar aluguel ou o financiamento de sua casa? Ótimo, invista ele. Para manter o bom convívio e não se tornar um sanguessuga, ajude com uma quantia em $ pela moradia, comida e serviços domésticos.

- Faça um curso técnico durante o segundo grau, pode ser qualquer coisa (preferência contabilidade).

- Curse alguma faculdade. Hoje em dia tem umas baratas e à distância, não tem desculpa. Casar com quem não tem faculdade vai tornar sua vida bastante difícil.

- Não namore uma pessoa eternamente desempregada e que eternamente "estuda" pra concursos difíceis.

- Não namore pessoas presas à financiamentos eternos e cheias de dívidas.

- Não namore quem nunca trabalhou por mais de um ano e é totalmente sustentado pelos pais.

- Não tenha filhos antes dos 35 anos.

- Não tenha filhos antes de 5 anos de casado.

- Não tenha filhos antes de cuidar de um animal de estimação de porte médio por pelo menos 2 anos.

- Não tenha filhos antes de ter casa própria quitada ou o dobro de renda passiva que o preço de seu aluguel.

- Observe os hábitos de gasto de sua namorada constantemente. Ela tem celular de 2 mil reais? Roupas muito caras? Gasta toda hora em coisas inúteis? Vai na padaria da esquina de carro?


Vou usar novamente exemplos próprios que creio servir para a maioria das pessoas.

Minhas despesas, em conjunto com as de minha esposa giram em torno de 2300 reais. Como disse, moramos de aluguel, temos plano de saúde e não possuímos carro. São 28 mil reais por ano (a alguns meses era bem menos em razão da inflação) tirados dos nossos bolsos e jogados direto no bolso de outras pessoas, simplesmente para nos mantermos vivos, sem grandes privações e tão pouco luxos.

Ou seja, se fizermos em conjunto 2301 reais mensalmente, estamos ficando ricos. Se fizermos 2299, pobres. Isso em "condições normais". Isto é, são "apenas" 1150 reais para cada um. O que não é difícil de fazer nem mesmo sem qualificação formal. Legal não?

Isto pode parecer o ideal para a maioria das pessoas que conheço. Capacidade de pagar as contas é capacidade de formar uma família para elas. Ao meu ver isto não é só uma burrice, é também mesquinhes e egoísmo pois cedo ou tarde a rotina vai se tornar uma merda.




A maioria das pessoas é pobre, e o problema da pobreza é que ela cobra seu preço de diversas maneiras, como por exemplo:

Na hora em que falta um remédio ou internação hospitalar.
Na hora em que acaba a fralda do filho.
Na hora em que te convidam para ir a um restaurante legal.
Na hora em que está chovendo a semanas e você não tem um meio de transporte decente.
Na hora em que você vê que suas roupas estão bem diferentes das que o 007 usa nos filmes.
Na hora de pintar a casa feia.
Na hora de ir ao cinema.

E por ai vai, em manifestações mais ou menos cruéis. Sendo assim, algumas obrigações de cada um deve ser:

1. Fazer pelo menos o dobro do dinheiro que gasta, trabalhando;

2. Dividir as contas - Se as contas não forem minimamente divididas a ponto de isto ser notável, a vida a dois será um lixo. Não acredito que as pessoas deem valor pelo que não é pago;

3. Investir o restante;

Como efeito disto, pretende-se com o tempo construir a renda passiva para pagar sua parte na divisão. Você abriria uma empresa com alguém que não tem dinheiro pra pagar suas contas? Casamento é uma sociedade, pra vida toda.


Gastar juntos, mas também acumular juntos

Ter objetivos de longo e médio prazos em comum é chave para o relacionamento dar certo. Todo mundo quer ficar rico, ter um carro (sou exceção nisso), casa própria, etc, mas por não saber como chegar lá pode cometer erros e até achar que não é merecedor disso. Muitas vezes um dos dois não é "financeiramente letrado" o suficiente, aí é questão de educação.

Nos USA os pobres usufruem de muito mais em razão da ética capitalista de aproveitar mais o tempo para gerar valor. Buscar novas formas de criar dinheiro, nem que seja com bicos, ou se qualificar para tal é obrigação de ambos. Pessoalmente não respeito quem trabalha só pelo salário, pode ter o salário que for. Financeiramente, é isto o que se deve buscar o equilíbrio:

Dividir custos é tão importante quanto ter uma estratégia alinhada de acumular patrimônio.

--------------------------------------

Fique ligado por que na próxima semana postarei como pesquiso oportunidades de imóveis, e vou querer as dicas de vocês!

Grande abraço.


22 comentários:

  1. Fala conhecimento financeiro.
    Tenho observado que a maior parte do blogosfera é constituída por jovens na fase dos 20 aos 30 anos.
    Portanto este pessoal ainda não desenvolveu maturidade suficiente, além de auto conhecimento para obter controle sobre suas vidas.
    Nessa fase rola muita tentações que desviam o foco do indivíduo: A sociedade estabelece padrões de consumo, como sempre mentes pobres tendem a acompanhar toda manada.
    Mesmo que de um ponto de vista matemático tais hábitos sejam inviável e destrutivos no longo prazo.
    A cultura maldita herdada pelos pobres afeta a mente, consequentemente a psicologia da massa: "Aquele que trabalha para sobreviver não tem tempo de pensar no amanha"
    Deste paradigma surge a tão aclamada cultura de massa, aonde indivíduos são induzidos pela propagando de massa incutindo desejos de consumo estabelecendo padrões sociais e comportamentais para indivíduos.
    Antes de estabelecer metas "materiais" todo indivíduo precisaria de uma base sólidas para desenvolvimento, seja familiar, psicológica, intelectual etc.
    A maior parte dos jovens do blogosfera esta literalmente perdido, suas mentes os traem a maior parte do tempo .
    Basta reparar quando surge um assunto técnico, jurídico, contábil, político, econômico etc no que tange a investimentos.
    Quase sempre o interesse pelo assunto é muito baixo.
    Agora quando se fala em mulheres, carros do ano , dinheiro fácil, vitimismo, etc etc
    Fazem filas para postar!
    A diversas áreas do markting explorando toda fraquezas da mente humana.
    Uma área que lida bem com essa leitura sobre a mente humana é a neuro linguística, muito usada pelo pessoal da venda e do markting agressivo.
    Outra área em voga para analise de mercado: Finanças comportamentais.
    As massas são guiadas pelos instintos, tubarões de mercado sabem tirar proveitos destas falhas comportamentais.
    A maior parte das pessoas precisa estabelecer 2 pilares: Desenvolvimento crítico e intelectual.
    Só se adquiri este grau de desenvolvimento pessoal com "Foco" "leitura" " questionamento" " ciência" " Matemática" e até uma pitada de psicologia.
    Sobre casamento: Cada caso precisa ser analisado individualmente.
    Porem existem alguns indicadores de sustentabilidade para o mesmo.
    Financeiro: Casais com tendência compulsiva, gastos desenfreados tendem a ter vidas desequilibradas.
    Diferenças no estilo de vida: Um cientista deve casar com uma cientista, intelectual, etc alguém que tenha propriedades ou qualidade similares.
    Sua profissão e escolhas tem que ser adaptável com sua parceira.
    Imagine um cientista auferindo pesquisas,cálculos matemáticos complexos casado com uma mulher fútil de baixo QI?
    Vai dar merda !
    Outro filtro importante quando casar: Ter pelo 3 anos de despesas pagas antecipadamente pela poupança do casal, constituída antes do casamento.
    Se você possui muitas posses case apenas no contrato.
    Se você não possui tanta posses e sua esposa tem habito de aportar dinheiro em investimentos.
    Não precisa de contrato já que em caso de separação ações e investimentos vão divididos meio a meio.
    Como ela aportou tanto ou igual a você, ninguém vai sair no prejuízo!
    Filhos: Tem que estar muito bem de vida financeiramente falando.
    Ou seja se você não tem dinheiro nem para se manter reveja este pensamento de ter filho o quanto antes.
    No meu caso não pretendo ter filhos e nem minha esposa, portanto no quesito filhos estamos tranquilos.






    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não saberia o que agregar a seu comentário. Este post foi mais ou menos genérico, cada caso é um caso como você disse. Gostei da parte da afinidade, principalmente ao nível intelectual.
      Se as pessoas enxergassem o casamento como algo sério a ponto de formar um patrimônio antes de contraí-lo como você disse, talvez acabasse uns 90% de dor de cabeça no quesito financeiro..

      Excluir
  2. Namoro a 15 meses uma menina que está desempregada e mal estuda para concurso publico... ela sabe do meu alto salário e vivo pagando coisas para ela...
    Hoje ela diz estar depressiva.... está stressada, totalmente bipolar...

    Já estou de saco cheio dessa situação, mas me apeguei a ela (sou um imbecil)... mas a paciencia já está se esgotando com ela.

    Concordo demais com o seu post e me vi muito nele.

    Você acertou em tudo. parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Talvez esteja na hora de você sentar e ter uma conversa séria com ela, olhando nos olhos.
      Não sei se é o caso de sua namorada, mas muita gente se sente confortável "estudando para concurso" e fica difícil de mudar o modo de agir. Mesmo que passe se torna uma pessoa dependente, que se sente merecedor de gastar todo o seu salário e não contribui em nada na vida a dois.

      Excluir
    2. tbm namorei assim já a mina se acomoda e não corre mais atrás de nada , na hora que vc corta os passeios ,presentes elas começam a ficar bipolar mesmo kkk

      Excluir
    3. Cara, se a pessoa é muito jovem e pensa o tempo todo em concurso já dá pra perceber a índole. Provavelmente é alguém dependente e que busca segurança acima de liberdade.

      Excluir
    4. Realmente, ela está totalmente bipolar, com ciumes doentios! Reclama e questiona pq vou na academia, porque converso com amigos e entre tantas outras coisas....

      Relação assim desgasta muito, só não separei porque ela tem passado atualmente por uns problemas bem ... "pesados" e não tenho coragem de deixa-la nessa situação...

      Mas relação assim não vale a pena!

      Excluir
    5. Anon, quem tem gerir programas sociais é o Governo, pois recebe impostos para isso. Pense bem.

      Excluir
    6. Se realmente o amor acabou, fica difícil. Você é um guerreiro e não quer deixar a mulher desamparada, mas avalie um ponto para negociar sua saída deste "investimento" se for o caso.
      É melhor para os dois. Just business.

      Excluir
  3. Muito bom.


    Acredito que aquele que consegue viver feliz com menos é superior do que aquele que precisa de mais coisas para ser feliz.

    Portanto o que eu faço não é sofrimento pra mim, me sinto bem quando vejo que estou conseguindo viver feliz gastando menos do que eu ganho.

    E compartilhar isso com a esposa faz os dois crescerem juntos, e mais rápido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também não sofro em nada sendo poupador. A sociedade mostra o poupador como o cara que só sofre, passa necessidades, e é exatamente o contrário. Quando precisa/quer o poupador paga mais barato.
      Eu quero ser extremamente rico, e ao mesmo tempo não penso em ter uma casa maior que 50m2 pro resto da vida. Faço para ter conforto de um dia não depender do trabalho e ser livre da escravidão das contas.
      Muitos falam que casar prejudica, no meu caso só ajudou.
      A maioria depende de sorte pra se dar bem na vida, por isso o casamento só prejudica na parte financeira. Os casais não tem objetivos em comum.

      Excluir
    2. Também não sofro em nada sendo poupador. A sociedade mostra o poupador como o cara que só sofre, passa necessidades, e é exatamente o contrário. Quando precisa/quer o poupador paga mais barato.
      Eu quero ser extremamente rico, e ao mesmo tempo não penso em ter uma casa maior que 50m2 pro resto da vida. Faço para ter conforto de um dia não depender do trabalho e ser livre da escravidão das contas.
      Muitos falam que casar prejudica, no meu caso só ajudou.
      A maioria depende de sorte pra se dar bem na vida, por isso o casamento só prejudica na parte financeira. Os casais não tem objetivos em comum.

      Excluir
  4. Não tenho experiência em relacionamentos amorosos, nunca namorei, dado isso, gostaria de saber melhor como identificar uma mulher com as características parecidas com a minha.
    Me falam que eu preciso pegar mulher, muitas, aproveitar até os 30 anos essa fase, porque depois dizem que a "virilidade do homem cai" e vou precisar ficar ostentando carros, joias, roupas caras, pra conseguir pegar mulher.Olha o que já me disseram por não me verem com uma namorada:
    " Vai ficar velho, com dinheiro, só vai atrair as interesseiras "
    " A ganância de ele querer ter sempre mais, (Eu no caso) não vai deixar ele aproveitar a vida, vai casar com uma mulher bem mais nova, que vai gastar toda minha fortuna com outro depois que eu morrer"
    É brincadeira uma coisa dessas? A primeira frase quem me falou, foi uma mãe solteira, a segunda, foi um cara que tem filhos fora do casamento. ( Que baita moral pra darem liçãozinha de vida )
    Sinceramente eu nem ligo pra isso, apenas dou risada.
    Deve ser bom ter uma namorada, as vezes eu me sinto sozinho, mas tudo no seu tempo, a pessoa certa depende de muitos fatores.
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara se conselho fosse bom, não dariam, venderiam. Isso é uma verdadeira LEI da vida. Sempre que me dão conselhos, presto bastante atenção neles e pondero, por educação, porém também avalio quem me deu o conselho. Como você fez, ignore conselhos de fodidos. Pode ser familiar, amigo ou quem for. Não se inspire em conselhos, mas em exemplos. Tenha uma lista deles.
      ---
      Sempre existirão mulheres boas à disposição e este negócio de idade não existe. Se você se preocupar com isso e acelerar as coisas, vai se dar mal cedo ou tarde.
      É impossível saber se a pessoa é a certa pra sua vida, se é que isso existe, só de olhar. É ao longo do tempo que se conhece de verdade alguém e isso demora um tempo, pois cada estágio do relacionamento é diferente. Com o tempo você vai ver se a pessoa tem os objetivos alinhados com os seus, se podem conviver sendo diferentes, ou se a vivência vai ser impossível.
      ---
      Para os que lhe dizem que você só vai atrair interesseiras sendo rico, conte a seguinte história, verídica:
      Em uma festa de milionários em minha cidade promovida pelo dono de uma grande marca de bicicletas, uma repórter imbecil perguntou se ele não se importava se o motivo das gatas que acompanhavam ele, bem mais novas, era o dinheiro.
      Este senhor pegou um camarão, daqueles bem caros e disse: Está vendo este camarão? Eu quero comer, não saber o que ele pensa de mim.
      ----
      Esta história de que só pobre atrai gente honesta é mentira de novela que derreteu o cérebro dos brasileiros. Tente apenas se relacionar com pessoas educadas pro resto da vida e exclua os medíocres que em pouco tempo terá bons resultados.
      ---
      Quem acha que é preciso dinheiro pra aproveitar neste sentido é amador. É só ter confiança e mentir muito.
      Grande abraço.

      Excluir
    2. Lyrical Master

      Leia isso
      http://projetofreelifestyle.blogspot.com.br/2015/08/como-usar-as-regras-do-jogo-das.html

      Abraço

      Excluir
  5. Bom post. Neste semestre minha namorada começou a trabalhar ganhando aproximadamente R$ 3.5k líquidos. Entrei em alerta máximo desde então, para observar como ela se comporta com dinheiro de verdade em mãos. Até agora não tem nada que acenda meu sinal vermelho, pois não tenho visto roupas novas, sapatos, gadgets, joias, pelo contrário, a maior parte do salário dela está sendo aplicado em Tesouro Selic e poupança. Enfim, ela parece não ter o vírus do consumismo dentro dela, mas seguirei monitorando atentamente para ter 100% de certeza.

    Um ponto de divergência é sobre festa de casamento. Eu definitivamente não penso em casar tão cedo, mas o assunto "festa de casamento" surgiu num papo com amigos uma vez e ela disse querer uma festa, enquanto eu acho bizonho gastar R$ 70k para algo que dura um dia. Sei que casamento é um dia importante, mas R$ 70k... nossa senhora. Você teve festa?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tive festa e casei apenas no cartório.
      Na verdade nem usamos aliança pois considero colocar dinheiro fora kkkkkkkkkkkkkkkkk. Minha esposa usa um anel de noivado, de ouro e diamantes que comprei em outro país por uns 360 euros, que na época daria uns 900 reais, e no Brasil, uns 3 mil. Mulheres sentem falta destes símbolos e rituais, portanto assim que puder vou comprar um par.
      ---
      Minha esposa também investe em tesouro e começou a adorar investimentos vendo seu patrimônio crescer, espero que isso também ocorra com a sua. Tente sempre falar de como é bom investir madruga. Infelizmente somos também resultado de nosso meio.
      ---
      Nossa 70k. Fico pensando cara... Quando que, uma festa simples, com bolo, churrasco e parentes dando dinheiro pra comprar uma geladeira, sofá e liquidificador, deu lugar a colocar 70k no caixa de uma empresa de festas que vende um sonho de um dia? Com esta grana dá pra ter um rendimento de 500 reais ao mês. Será que sua esposa prefere um dia de festa ou 500 reais de presente por mês?
      ---
      A verdade é que esses 500 por mês já representariam a independência financeira no quesito diversão para alguém como eu. dá pra ir num ótimo restaurante, cinemas, e passeios com essa graninha. Dá até pra pagar uma faculdade à vista, ou sei lá, se é pra gastar, talvez ela prefira viajar todo ano pro exterior, por uns 5 anos, enquanto o restante fica rendendo.

      Excluir
  6. Conhecimento financeiro.... Eu me identifiquei muito com seu post, principalmente quando voce colocou este tipo de pessoa que nao compensa namorar.

    - Não namore uma pessoa eternamente desempregada e que eternamente "estuda" pra concursos difíceis.

    - Não namore quem nunca trabalhou por mais de um ano e é totalmente sustentado pelos pais.

    Minha ex namorada só estudava para magistratura trabalhista. Estava há uns 6 anos estudando e raramente passava para a 2ª fase do certame. O pai sempre bancando ela e a irmã mais nova. Eu, que pagava metade da facu e ganhando 3k sempre correndo atrás e tentando e tento melhorar (sou funcionario publico e advogado hoje). O estopim foi quando ela me disse que eu precisava passar em um concurso que pagasse bem mais e não focar em medianos de 5, 6, 7k...Fiquei puto e refleti muito sobre tudo isso e percebi que em menos de 5 meses de namoro ela estava desesperada para casar (estava com 28 anos na epoca), mas nao trabalhava. Pulei fora na hora, apesar de outras qualidades que ela tinha

    Amon Ra

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que você fez bem.
      Claro que essas coisas que escrevi não são lei. Cada um deve avaliar sua situação, mas falei de maneira generalista. É inacreditável como hoje existe essa raça desgraçada dos sanguessugas.

      Excluir
  7. E te digo que de uns meses para cá tenho advogado mais e realmente quero muito empreender do que pensado em concursos da vida. Quero muito sair deste país e penso nisso todo dia, além d eempreender após juntar um bom dinheiro investindo.

    Amon Ra

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também, sonho dia e noite em abrir meu negócio e ser dono do meu trabalho e decisões. Não aguento mais ser empregado. Pode demorar mais alguns anos em razão da imigração, mas estou indo de cabeça neste projeto.

      Excluir