segunda-feira, 5 de junho de 2017

Dando passos sozinho na carpintaria

Olá amigos, 

Ainda não é hora de eu descrever o melhor modo de se tornar um carpinteiro como me pediram nos comentários, mas prometo que quando chegar a hora farei um post bastante completo. O máximo que posso dizer é como eu fiz, e como teria sido o melhor modo. Isso também fica mais pra frente.

O que quero comentar hoje é que estou a menos de 2 meses neste ramo e já estou desenrolando trabalhos mais complexos sozinho.

Minha evolução está bastante rápida, sei operar todas as ferramentas mais comuns, medir, nivelar, cortar, pregar, colar furar, parafusar... Tão rápido quanto o pessoal mais experiente, talvez por estudar em casa e treinar do mesmo modo como os melhores carpinteiros fazem. Isso mesmo, eu pego a ferramenta e ensaio o movimento algumas vezes como os coroas do youtube ensinam.

Material pra estudo é vasto e 100% grátis, e identifico o que as pessoas estão fazendo naqueles programas de reformas.

Chego na obra e executo de modo natural, pois observo as dicas e erros comuns.

Nas últimas semanas trabalhei exatamente igual aos profissionais, e hoje instalei a armação para um piso de madeira bem complicada sem supervisão.

Observei 5 níveis até agora:

1. Carregador de lixo e madeira
2. Ajudante que sabe operar as ferramentas, nivelar, etc
3. Carpinteiro que faz coisas complexas sozinho, lê plantas, mas faz do modo que mandam
4. Carpinteiro que propõe soluções e sabe fazer de tudo
5. Mestre de obras

Espero chegar ao nivel 3 de modo confortável em 1 ano de trabalho. Provavelmente vai dar certo, pois já vi gente com mais estrada que eu que não sabe operar determinada ferramenta, faz coisas de modo descuidado e mais parece cavalo de um troque só, e o pior é que ganham mais que eu.

O melhor modo de aprender é fazendo, pois só assim existe o risco de errar, e sem risco ninguém aprende nada. 

Em breve vou descrever as ferramentas necessárias pra iniciar no ramo, e as mais utilizadas nos diferentes tipos de carpintaria.

16 comentários:

  1. Este trampo é por empreita ou horas/semana?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este é por empreitada. No caso como sou ajudante, o cara que ajudo me propõe um valor x pelo serviço todo. Quando é assim, geralmente vale mais a pena do que por hora.
      Porém também trabalhamos por hora, subcontratados.

      Excluir
  2. Lembre que há diferenças entre a carpintaria e a marcenaria...

    ResponderExcluir
  3. CF, acho excelente essa opção pela carpintaria. Queria ter uma habilidade dessas, pois é útil em qualquer lugar do mundo. Espero que dê tudo certo!

    Abraço!

    ResponderExcluir
  4. Cara esse conhecimento em carpintaria é muito melhor que meu curso de Direito e minha carteira da OAB, pois você pode trabalhar no mundo inteiro ao contrário do mané aqui.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem melhor que o da minha área de formação também. A minha até da pra trabalhar em qualquer lugar, mas eu sou um lixo, assim como os 99% que cursam ela.

      Excluir
  5. Como em qualquer profissão sempre há aqueles que se acomodam e não procuram mais instrução, já que somente com o que sabe consegue sobreviver e com a idade vem o mito da experiência. Para quê se renovar ou instruir se sua clientela é fiel? O medo do novo assegura seu sustento, por isso observamos que quanto maior a "patente" mais inútil se torna, já que o mundo se renova e atualiza enquanto o sujeito continua em sua zona de conforto, tendo suas incapacidades perdoadas.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por sorte o cara me ensina pra caramba. O negócio é se juntar com quem é bom, aprender o que conseguir e seguir em frente.
      No meu caso preciso ficar suficientemente bom pra fiscalizar o trabalho dos outros como um mestre de obras. Não almejo ser o mais hábil carpinteiro.

      Excluir
  6. Parabéns pela dedicação CF.
    Sucessos na sua profissão.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  7. É pra isso que pago internet. Pra conhecer esse tipo de história fora da caixinha rs

    Parabéns pela garra CF, aproveitando o que o anon aí disse em cima, poderia explicar qual é a diferença entre carpintaria e marcenaria?

    Estou no aguardo também para que você poste fotos de alguns desses seus trabalhos manuais, de forma discreta, claro.

    Sucesso,

    - Mark

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Mark!

      Cara, em essencia o marceneiro fabrica mesas, sofá, cama, armários, portas, janelas... Ele é mais voltado pra fabricar coisas de madeira em sua oficina. As vezes instala alguma coisa também.

      Já o carpinteiro instala isso tudo, ou trabalha em obras fazendo decks, chão, telhados, frames, paredes de madeira ou gesso... A carpintaria tem três divisões que vou explicar em breve.

      As vezes posto alguma foto. Amanhã tiro umas pra mostrar o que estou fazendo. Um abraço!

      Excluir