sexta-feira, 24 de março de 2017

Novidades da loja do CF

Sabem aquele cliché de que, você "não pega" ninguém, mas quando você arruma uma namorada a mulherada toda fica de olho em você? Ou você está desempregado e não encontra nada, principalmente que pague bem, mas assim que assina um contrato aparecem oportunidades melhores?
 
Há quem diga que isso é uma lei da vida, tamanha diferença de percepção da realidade.
 
Eu deixei de ser cético em relação a muita coisa esotérica (também porque extremistas são insuportáveis). O poder do "pensamento positivo" opera milagres. Fácil demonstrar. Faça em um papel, uma lista com as 10 pessoas mais negativas que conhece de um lado e as 10 mais positivas de outro e compare seus feitos e mesmo patrimônio.
 
Certas sutilezas que dificilmente entram na equação quando se analisa o sucesso de alguém, talvez sejam o que mais tem influência nos seus resultados. Não fosse assim, QI alto ou "quilometragem" de estudo era sinônimo de salário alto. Nem mesmo no setor público é assim.
 
Eu sempre digo para se expor à sorte. O acaso está ai pairando no vácuo. Qualquer um pode levar uma bala perdida, mas no Rio de Janeiro você aumenta em muito suas chances (não é a isso que eu quero que as pessoas se exponham). Assim fica na cara que para se obter sucesso em determinada atividade você deve em primeiro lugar se relacionar com quem tem sucesso naquele campo, independente de qualquer outro fator.
 
Acredito que se deva prestar atenção em quatro coisas:
 
1. Analisar as perspectivas;
2. Ter metas fáceis, curtas e claras;
3. Estudar e trabalhar duro para cumprir as metas.
4. Certa dose de coragem e persistência.
 
Aqui na loja estamos passando por aquele período ruim em que a maioria das empresas fecha as portas, o início. No início você paga mais caro pra aprender, pois tem que manter a empresa na estrada mas tem um matagal encobrindo ela. O matagal é o desconhecimento de processos, dos fornecedores, da demanda, a grana limitada, etc.
 
Infelizmente não venho de uma área técnica, em que se pode ir pra qualquer lugar do mundo e arrumar emprego na primeira semana. Sou da área da bunda na cadeira e nada na carteira, mas após um ano em outro país as coisas vão se ajeitando e as perspectivas melhorando.
 
Mesmo aqui atrás do balcão me oferecem oportunidades de emprego, daquelas que ninguém anuncia nos sites especializados, aliás li não lembro onde que apenas uma em dez vagas é anunciada (provavelmente pra os empregos que serve quase qualquer um). Com salários maiores que recebo, menos trabalho e responsabilidade (fico 11h por dia na loja).
 
Bem amigos, estão surgindo pessoas interessadas em comprar nossa loja e isso me deixa feliz. Achei que isso não era tão comum, mas ao que me parece as pessoas não querem todo o incomodo de abrir uma empresa, encontrar os fornecedores certos, reformar o local, etc.
 
Isso é até lógico. O ser humano quer o maior retorno pelo menor trabalho possível. Vamos ver o que acontece nos próximos capítulos.
 
 
 

19 comentários:

  1. Olá CF,
    Bom que as coisas estão indo no caminho certo por aí.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Cara, parabéns. Nem te conheço, mas admiro você. Sabe dos problemas, dos riscos, dos medos, mas segue em frente fazendo as coisas acontecerem.

    Pergunto: sua intenção inicial, ao abrir a loja, era vendê-la após um tempo? Não pretende esperar o negócio maturar pra vender com mais lucro (claro que há sempre o risco de isso não acontecer) ou mesmo pra continuar no negócio tendo fluxo de caixa em vez de ganho de capital?

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelas palavras, amigo.

      A ideia inicial sempre foi deixar de ser empregado e ser cada vez mais dono da minha vida. Construir uma fonte de geração de renda comercial e me tornar o que sempre admirei nas pessoas, alguém empreendedor de verdade.

      Sempre tive medo de optar pelo caminho mais seguro, pois tive uma visão clara do que aconteceria comigo caso o fizesse observando todo mundo a minha volta. Não estou sendo demagogo, é a verdade. Todos os meus amigos e familiares, todos, são fodidos ou tristes. Isso até chegou a causar-me uma leve depressão ano passado. Posso dizer que venci na vida. Fiz e faço tudo o que sempre quis, mesmo sem ser rico.

      Como a loja não gera caixa pra sustentar a si mesmo e as contas da casa, minha mulher tem que trabalhar, bastante, fora.

      Eu tenho trabalhado nos últimos meses que nem louco, e o retorno é bastante baixo. Toda a empresa tem um período até dar certo em que tem que se aguentar de tudo e ralar muito, principalmente com a carga de impostos de hoje em dia. Pra você ter uma ideia, se meus clientes não pagassem 1/4 de tudo o que compram para o governo, eu venderia muito, muito mais.

      Outra coisa, se eu tivesse montado a loja que montei ai no Brasil, com todo o amparo de estar no próprio país, perto da família e do meu dinheiro, conhecer melhor o mercado (parentes no ramo) e tivesse a sorte de não ser assaltado, provavelmente ficaria rico rápido, e isso me deixa chateado. Ter uma empresa nessas condições implica em verdadeira escravidão. Não estou reclamando... Não tenho de que reclamar.

      O plano inicial continua em pé, aguentar 1 ano e meio para não ferir meu patrimônio. Acredito que este é um tempo bom para se observar e aprender tudo o que a máquina precisa pra rodar melhor. Se for observar puramente pela questão financeira, estou perdendo dinheiro, pois hoje tenho condições de conseguir um emprego que pague quase 1000 Euros e me dê a chance de viajar de vez em quando (ou aportar legal), portanto esse tempo que citei é razoável.

      Porém caso surjam propostas sensatas que cubram nosso investimento, provavelmente a empresa será vendida, retorno ao status de empregado por um tempo pra pensar em minha próxima empreitada... Desta vez legalizado e sem depender de transferir nenhum dinheiro do Brasil pra cá.

      Excluir
  3. Meus parabéns pela venda irmão! Já tem outra coisa em mente?
    Quanto ao assunto da atração que os iguais tem, isso é realmente algo interessante. Podemos ver isso ser aplicado ás finanças pessoais: Pessoas endividadas atraem mais dívidas, e pessoas ricas acumulam mais dinheiro.
    Forte abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não vendi, Einstein, e estou sem planos caso o faça.

      Provavelmente fazer um tour pelo país e procurar outro emprego. Nada específico.

      Um abraço!

      Excluir
  4. "O poder do "pensamento positivo" opera milagres".

    Se seguir nessa onda, daqui a pouco também vai estar bebendo leite de texugo com seu amigo good vibrations da blogosfera.

    Sai dessa CF, saudade do seu pensamento frio e calculista!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande CF,

      Pensamento Positivo sempre! Do que vale ser frio e calculista e ser mais um leitor de blog apenas, que fala fala fala e nao tem nada a agregar??

      O passo grande voce ja deu, agora e segurar as pontas ai e crescer,.continuar no caminho.

      Se surgir a oportunidade pra vender e for boa a quantia, venda.

      O.conhecimento obtido de manter este negocio ninguem te tira.

      As oportunidades surgem pra quem corre atras, o pessoal confunde pensamento positivo como algo mental apenas, mas pensamento positivo pra mim = Correr atras e fazer o maximo pra dar certo.

      Valeu, abraço

      Excluir
    2. Vdc você disse tudo o que acredito sobre isso tudo. As vezes faz falta ler palavras assim de um amigo ou familiar, num ambiente onde praticamente só te julgam e questionam. Obrigado pelo comentário.

      Excluir
  5. Prezado amigo blogueiro,

    Achei que apenas uma edição em inglês iria deixar de receber muitas pessoas no Brasil que não conseguem ou não querem ler em inglês. Como eu disse por lá o foco é publicar em inglês, mas para não deixar muitas pessoas na mão e dependendo do Google Translate achei por bem deixar as cópias em português brasileiro também.

    A cópia em português ficará no Blogger, com a url http://frugalsimples.blogspot.com.br Veja que na versão em português temos um “S” a mais para deixar a URL também em português.

    As futuras atualizações do frugalsimple.net também estarão disponíveis em português via blogspot.com.br

    A versão em português será um pouco mais enxuta e com menos fotos para otimizar para celular e conexões mais lentas e economizar dados do leitor, mas o conteúdo escrito será o mesmo. Sinta-se a vontade para comentar em qualquer um dos dois. Seu blog consta em ambos os blogrolls.

    Se preferir fique a vontade para add o http://frugalsimples.blogspot.com.br no seu blogroll também.

    Grande abraço!

    Frugal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo Frugal, noto que seu blog segue a linha dos internacionais com mais coisas pessoais que "lições" de como fazer pra chegar lá. Acho muito legal a proposta e estou acompanhando.
      Sei que você quer que o blog cresça e isso é só positivo, além de claro testar e adaptar coisas, mas quando dependem dos outros participarem do projeto adicionando e mudando toda hora coisas importantes no blog pode lhe trazer danos. No meu caso por exemplo acho um saco isso de pedir pra add toda hora. Vou mudar no meu blogroll o blog em inglês pelo novo esta semana.

      Excluir
    2. Como também não tenho nada contra o blog do UÓ (pelo contrário), mas sempre que manda um recado aqui manda junto um link fazendo propaganda pro seu blog provavelmente por causa dessas coisas de ficar em cima nas buscas do google. Não vou mais liberar.

      Excluir
  6. Grande CF,

    Excelente!

    Fico muito feliz em saber que você está prosperando a cada dia.

    Pensa em vender a loja?

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha amigo, se surgir uma proposta boa, sim.
      Meu modelo de negócio precisa de mais gente pra escalar, então é provável que venda se me pagarem um valor legal.

      Excluir
  7. Opa CF, amigo, acabei de dar uma vasculhada legal no seu blog. Acho legal a gente conhecer pelo menos umas 3 dezenas de posts de outros blogueiros pra nossa relação não ficar demasiado supérflua. Muito legal sua história e sua vida em portugal.

    Na verdade eu não mudei o blog, apenas transferi todas as postagens em portugues para um em portugues e de graça que é o blogger do google e o outro em inglês eu fiz mais para dar um treino no meu writing mesmo. Também estou meio cansado de fazer e recortar os blogs mas isso já passou, agora é só escrever e postar em ambos, o conteúdo vai ser o mesmo. Te fiz uma pergunta sobre os custos de vida em portugal mas acho que 3k euros mensais para um casal está de bom tamanho não é?

    Olha vc já escolheu corretora no Brasil? A minha eh a rico e estou satisfeito.
    Mas uma coisa importante, pq vc nao abre na Interactive Brokers? Lhe daria acesso a bolsas do mundo todo a um baixo custo. Eu não investiria mais no Brasil se tivesse ido embora de vez, o risco cambial é muito grande, as contas do Brasil nao fecham, tá no negativo em 26 bilhoes em fevereiro, esse REAL pode derreter da noite pro dia, não sei, a escolha claro que eh sua.

    Mas comprando um ETF IWDA e um CSX5 vc estaria mt bem protegido em dolar e euro, o que eh melhor pra sua realidade sem inflação.

    RF no Brasil é uma ilusão que vai lhe pagar no máximo 4%a.a de juros reais com mt boa vontade, fora o risco cambial degringolar 30% num ano só como ocorreu em 2015-2016. Talvez apenas uma carteira com umas 10 boas acoes daqui lhe ajudariam mais. Nao tem seu portfolio aqui, por isso nao sei o que vc tá comprando.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá amigo Frugal,
      Acredito que um casal vive muito bem em Portugal com 3k Euro. Na verdade um salário de 3k Euros ao mês deve te colocar na faixa dos 20% mais ricos, em um país onde os 20% mais pobres vivem relativamente bem.

      Não quero a corretora Rico pois foi uma das que subiu os valores de corretagem e ficou muito cara pro meu objetivo atual, tendo outras que oferecem a mesma coisa por menos, sem custo algum pra mudar.

      Não vou falar em qual tenho conta pois a algum tempo tenho sido bem genérico nesses assuntos. Não acho que vá somar nada pro leitor daqui ser específico nisso.

      Não pretendo investir fora do Brasil, tirando que vejo meu trabalho e empresa como investimento e hedge em Euro. Os produtos financeiros do mundo todo estão na corda bamba já a alguns anos na minha opinião.

      Não me sinto confortável ainda para mudar minha estratégia... Eu só moro aqui, assim como amanhã posso estar na Alemanha, Suíça ou USA, mas ainda sou brasileiro e corro o risco (quase nulo) de um dia voltar pra usufruir do meu dinheiro. Também acho que o Brasil tem oportunidades bem melhores sobretudo imobiliárias pois tenho familiares do ramo. O que quero dizer é que em tese estou mais protegido ganhando dinheiro aqui e aí do que trazendo parte do que tenho pra fora onde pouco conheço.

      Se você tiver a chance de acompanhar a realidade financeira da Europa vai ver que isso tudo é relativamente instável. Quebra banco toda hora aqui e o governo soviético da UE abraça.

      Outra coisa, investir em vários países, ainda que positivo do ponto de vista da diversificação, vai sim te fazer pagar a conta por causa do câmbio, taxas e impostos se você for classe média e não alguém bem rico que viva de seus investimentos e possa fazer as melhores escolhas em aporte e retiradas. Pra maioria, investir ai seus mil reais ao mês em moeda estrangeira pode até te dar um preço médio interessante, mas é bem provável que não compense como estratégia principal de longo prazo em detrimento a investir em um único país como o Brasil.

      Renda Fixa pra mim é onde se estaciona o dinheiro até que boas oportunidades surjam, não é de toda inútil.

      Grande abraço

      Excluir